segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Quatro milhões de pessoas na Somália passam fome, anuncia ONU


Quatro milhões de pessoas na Somália passam fome, anuncia ONU

Além dos conflitos que dificultam a chegada da ajuda humanitária, a região da África Oriental enfrenta a pior seca já vivida em 60 anos.

Metade da população da Somália está passando fome. Os números divulgados pela ONU mostram a situação de emergência que atinge a África Oriental e o quadro deve se agravar nos próximos quatro anos.
Já são 13 milhões de pessoas na África Oriental, incluindo a Etiópia e o Quênia, vivendo em condições desumanas. Além dos conflitos que dificultam a chegada da ajuda humanitária, a região enfrenta a pior seca já vivida em 60 anos.
Segundo as Nações Unidas, 750 mil pessoas correm o risco de morrer nos próximos meses. A maioria das agências humanitárias foi banida da região pelo grupo islâmico al-Shabaab, que tem conexões com a al-Qaeda.

Postar um comentário